Bora Testar – responsabilidade social

O que é?

A campanha Bora Testar foi desenvolvida pela Latam Intersect PR em parceria com a Outdoor Social e a Alchemy Strategy com o objetivo de traçar um retrato do impacto da pandemia em territórios vulneráveis e com condições sociais adversas, de moradias precárias, com difícil acesso à saúde e ao saneamento básico.

O desafio

Levar os testes de diagnóstico da Covid-19 para as 10 maiores favelas brasileiras que compõem o “G10 das Favelas”. Além disso, conscientizar a população sobre a importância de realizar o exame e sobre os reais riscos e impactos da pandemia. Desenvolver estratégias de comunicação para levantar fundos e comprar testes e implementar a logística de sua aplicação nessas áreas vulneráveis e muitas vezes, de difícil acesso.

Plano de ação

Dividimos o plano em três pilares:

  • Coletar informação: através de uma plataforma online, realizamos uma pesquisa para gerar dados sobre o impacto da pandemia, dar visibilidade ao projeto e trazer, por meio da imprensa e redes sociais, a atenção do poder público aos problemas decorrentes da pandemia do coronavírus nos territórios vulnerabilizados do país.
  • Para viabilizar os testes, o projeto dependia de doações de pessoas físicas e empresas. Precisávamos engajar influenciadores e celebridades com histórico de luta social para gerar visibilidade ao projeto. Para isso, criamos um kit com camiseta, máscara e um cartão com a logomarca do Bora Testar para ser usado em stories ou posts nas redes sociais.
  • Com a curadoria do DJ Mam, nosso parceiro e artista muito envolvido em projetos sociais internacionais na defesa da Amazônia e dos povos indígenas, organizamos 2 live shows para aumentar a visibilidade da campanha e atrair mais doações para o projeto. A primeira live show foi realizada no Zoom Meetings apenas para convidados envolvidos no projeto: lideranças das favelas, artistas e alguns outros profissionais. A segunda foi um show especial com a participação de um dos maiores artistas brasileiros, o cantor e compositor Gilberto Gil, e mais 70 artistas, muitos representantes das favelas contempladas, que se revezaram para homenagear os indígenas, população que também vive em territórios vulneráveis, muitas vezes, abandonados pelo poder público.

Conquistas

Na imprensa, o Bora Testar foi pauta durante um dia todo na emissora de maior audiência do Brasil: a TV Globo. A campanha apareceu desde as 7h, no Bom Dia Brasil, até as 22h, passando também pelo Jornal Nacional, o noticiário campeão de audiência, impactando mais de 20 milhões de pessoas todas as noites. A TV Jovem Pan, TV Cultura, TV Record, CNN e Globo News, também noticiaram o projeto, assim como os principais veículos impressos e online, como R7, Catraca Livre e UOL. Dentre os resultados internacionais, destacamos o The Washington Post, The Telegraph e The Guardian.

O show teve mais de 50 mil visualizações no dia da apresentação, impactou cerca de 10 milhões de pessoas e arrecadou R$ 40 mil. Nas redes sociais, nomes como o do apresentador Luciano Huck, que tem quase 20 milhões de seguidores, e Sabrina Sato, com seus mais de 28 milhões, postaram sobre a campanha “Bora Testar”. As redes sociais do projeto cresceram 50% neste período e recebemos doações que ajudaram na compra dos exames e na logística do trabalho de campo. Visitamos favelas em São Paulo, Rio de Janeiro e São Luís do Maranhão. A pesquisa identificou algumas atitudes de risco no combate da Covid-19: pouco uso de máscaras e falta de saneamento básico, o que impede a higiene adequada, uma das formas de prevenção da doença, além da alta taxa de desemprego.

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.